31.5.11

Nota rápida sobre Roland Garros.

Não sei absolutamente nada de tênis, mas não resisti a olhar o jogo de amanhã, entre Rafael Nadal e Robin Soderlin (Paris, 14:00). O mapa é esquisito, mas há um único testemunho, e é a favor do favorito: Nadal ganha.
O problema é que – inacreditavelmente – os organizadores puseram a outra partida das quartas-de-final no mesmo horário, na quadra do lado. Nem abri o mapa, porque é o mesmo.
Ou seja, não dá para fazer um mapa do jogo e não há uma técnica (pelo menos, que eu saiba) para eventos “conjuntos”. Então, eu desisti de ver.

Mas uma coisa me deixou com a pulga atrás da orelha: o outro jogo é tão “desimportante” que não só acontece do lado desta partida como não há apostas em cima dele, até onde eu vi.

Alguém aí que entenda deste jogo incrivelmente maçante sabe me explicar porque acontece isso de porem dois jogos importantes do mesmo campeonato no mesmo horário, para não haver como as pessoas assistirem os dois? E alguém aí sabe se é isso mesmo, se um dos dois jogos é “esquecível”?

Vou olhar com carinho o desenrolar do campeonato (mas não os jogos, há um limite para os sacrifícios em nome da arte).

Abraços.

7 comentários:

Rodrigo Daudt disse...

Prezado Marcos,
assisto tennis há mais de dez anos e vou tentar dar algumas opiniões sobre o assunto, mas não sou nenhum entendido sobre organização de campeonato de tennis. Pois bem, o horário do jogo num torneio grande como os Grand Slams, na verdade, é relativo. Existem várias categorias jogando ao mesmo tempo: masculino, feminino, duplas masculinas, duplas femininas, duplas mistas, categoria juvenil (com todas essas modalidades), categoria senior e de cadeirantes. Roland Garros, particularmente, tem um problema tb: não há jogos à noite. Não me pergunte o pq deles não terem colocado iluminação até hoje. Daí, os jogos têm que se abarrotar apenas no período do dia. Como o jogo masculino pode ter até 5 sets (as outras modalidades são melhor de 3), uma partida programada para após um jogo de 5 sets ficará "atrasada" com o previsto. Todas as partidas após esse jogo longo ficarão para mais tarde podendo não terem tempo de terminar o dia previsto e terem que jogar no dia seguinte, o que aconteceu algumas vezes. O único horário certo, é o horário que o dia inicia. Então, se você tem quartas de final masculina e feminina jogando em apenas 2 estádios grandes, pois eles não vão colocar os tenistas tops jogando nas outras quadras que são pequenas, para não abarrotarem o dia eles colocam no mesmo horário. Imagina se a Maria Sharapova vai jogar após duas partidas de 5 sets masculinas? Ela vai acabar jogando bem depois do imaginado no dia e atrasando a programação, pois tem jogos que levam 4, 5 horas. Ela ainda terá que passar o dia inteiro se preparando para o seu jogo e ela, que jogaria umas duas da tarde, terá que iniciar às 5 da tarde. E muitas vezes as outras modalidades como a feminina e as duplas são mais interessantes do que assistir uma quarta de final masculina. As mulheres bonitas do tennis chamam muito público. Outra opinião: se esses jogos de quartas de final iniciaram o dia e foi no mesmo horário, pode ser em virtude deles saberem que muitas pessoas não podem passar muito tempo, num dia de semana, fora do trabalho. Então, se o sujeito só tem a parte da manhã para ver o Nadal, mas o ingresso acabou, ele poderá ver o Murray na quadra ao lado. Minha última opinião sobre o assunto é que, talvez, eles sejam burros mesmo. Por exemplo: roland garros levou anos para mudar o dia de começo do campeonato. Antes, começava na segunda-feira, agora, eles começam domingo, pois muita mais pessoas podem assistir. Pra você ver como é uma mera teimosia ou burrice ou sei lá o quê, o US Open há anos começa seu campeonato aos sábados e tem iluminação noturna. Por essas e outras que é o torneio de tennis que mais arrecada no mundo. Espero ter ajudado.
um abraço, Rodrigo

Marcos disse...

Caro Rodrigo,
sim você ajudou! Não absorvi todas as informações ainda, mas já é uma luz para tentar entender como esse campeonato funciona. Mas como esses franceses são teimosos, meu Deus.

Abraços.

rodrigo daudt disse...

De nada, Marcos.
Pra você ver como as coisas são: apenas 2 grand slams têm teto retrátil, o US Open e, muito recentemente, Wimbledon. A pergunta fica: pq eles não fazem o teto retrátil em Roland Garros? Sempre chove nesses Grand Slams e atrasa o campeonato. Sempre. Enfim, vai entender.
Abs, Rodrigo

rodrigo daudt disse...

Marcos,
vc faria uma previsão para wimbledon? Tem como fazer previsão para saber quem vence um campeonato?
Abs, Rodrigo

Marcos disse...

Rodrigo, eu vou dar uma olhada em wimbledom, mas eu já digo que o método não funciona nas fases iniciais de nenhum esporte.
Eu não sei simplesmente analisar o campeonato e ver quem vence, não digo que seja impossível, mas eu não sei.
Tem como responder uma horária assim (alguém pergunta se o time favorito vai ganhar o campeonato; por exemplo, em 2010, "O Brasil vai ganhar a copa?"), mas não funciona de forma mecânica (ou seja, "O Brasil vai ganhar?" Não. "A Argentina?" Não. "E o Uruguai?"...) se isso funcionasse, eu pegaria um bilhete da megasena, e faria 50 horárias, começando com "vai sair o número 01 hoje? :P
Abraços.

rodrigo daudt disse...

Entendi, Marcos.
Então, se rolar uma semi-final ou final com o Federer, eu volto a te procurar... rsrs... Se vc tiver paciência, claro...
Abraços,
Rodrigo

rodrigo daudt disse...

Oi, Marcos! Tudo bem?
Então, está acontecendo em Wimbledon o que tinha te falado. Está chovendo todos os dias lá e os jogos de hoje, por exemplo, foram para amanhã. Como te falei, o dia está abarrotado de jogos que, possivelmente, podem não terminar e abarrotar o dia seguinte. Wimbledon tb não tem luz artificial, isto é, chegou a noite, o jogo pára... incrível... Outra: eles colocaram a Serena Williams para jogar na quadra 2, a terceira quadra em "importância"/tamanho. Ela reclamou, assim como a Wozniack que é a atual numero 1. Mas a Sharapova, que jogou contra uma inglesa, jogou na quadra central. O Nadal, que é o número 1 e bicampeao de Wimbledon, jogou na quadra 1, mas o Murray, numero 4 do mundo, jogou na central. Só pq é britânico. Enfim, exemplos para ajudar mais um pouco. Se o Federer e/ou o Nadal forem para a semifinal, vc faria uma previsão? Abs, Rodrigo